Vamos quebrar o tabu. Comida boa nem sempre depende da boa e velha panela

Vamos quebrar o tabu. Comida boa nem sempre depende da boa e velha panela

Vamos quebrar o tabu. Comida boa nem sempre depende da boa e velha panela

Vem aí o único programa no mundo, onde todo tipo de comida é feita no micro-ondas.

Rita Cadillac é convidada especial do “MicroSobrevivência na TV”, que estreia na grade de programação da Chef, dia 30/01, às 20h45. Apresentado por Filipe Nascimento, o programa desmistifica o tabu em torno do micro-ondas e mostra maravilhas que podem ser feitas de forma rápida e criativa.

A cada episódio, convidados batem um papo com o apresentador e dão suas opiniões. O objetivo é mostrar que é possível se alimentar bem e fazer pratos diferentes no micro-ondas.

O projeto surgiu há 8 anos, quando Filipe deixou a praia onde morava (Guarujá-SP) e veio para a capital paulista. Sem fogão, tinha apenas brigadeiro, arroz e ovo em casa. Foi então pesquisar no YouTube receitas que poderiam ser feitas em micro-ondas. Descobriu um universo de possibilidades e começou a gravar, dando origem ao seu canal no YouTube, o “MicroSobrevivência”, com quase 200 mil inscritos.

“Jamais ia imaginar que duraria tanto… é o filho que cresceu. O programa ajuda quem não tem fogão ou algum tipo de dificuldade, a se virar na cozinha. São vídeos novos toda semana, quebrando mitos, ajudando também pessoas com deficiência visual a poder cozinhar sem se preocupar com o fogo”, comemora.

Polêmicas em torno do micro-ondas, Filipe já ouviu de tudo e diz que tem gente que ainda torce o nariz. “Se tem um eletrodoméstico com mitos, o micro-ondas é o rei deles (risos). ‘Dá câncer?’ Não, já gravei com médicos e nutricionistas que comprovaram isso. ‘Tira as vitaminas do alimento?’ Toda forma de cocção altera as vitaminas dos alimentos, tanto faz se no micro-ondas, no fogão, no fogão a lenha. Mas a grande maioria fica surpresa pela quantidade de pratos que eu crio com ele”, revela.

Inicialmente o projeto foi pensado para estudantes que moram em repúblicas, solteiros que moram sozinhos, mas isso já fugiu do controle dele. O público ficou amplo e Filipe vai criando. “Sou formado em design e sou chef da ‘minha’ cozinha (risos), não tenho formação em Gastronomia, vou aprendendo no dia a dia, com o que gosto”, conta.

“Acho importante para o “MicroSobrevivência” ter seu primeiro programa na TV em um canal 100% gastronomia. Vai ser bom para todos os lados: para o público, para mim, ver a aceitação. Dúvida? Acompanhe a gente aqui na Chef TV! Faça a receita em casa, experimente e vamos acabar com mais essa barreira! E, claro, todo programa com um convidado. Esse ano vai ter muita coisa legal acontecendo para o “MicroSobrevivência na TV””, dá o recado.

 

Onde assistir:

Vivo TV – canais: a cabo 17 SP – DTH 554 e 76 fora de SP – fibra 25 / 631 SP

Oi TV – canais: satélite 105 ou 139 (Brasil)

Nossa TV – canal 57 (Brasil)

Costa do Sol – canal 116 (Cabo Frio / RJ)

TV Light – canal 98 (Varginha/MG)

Pin It on Pinterest