Master Feira Águas da Prata, ótima opção de gastronomia e lazer na região

Master Feira Águas da Prata, ótima opção de gastronomia e lazer na região

Master Feira Águas da Prata se consolida como uma ótima opção de gastronomia e lazer na região

Reconhecida por sua diversidade, a proposta é manter um mix variado de comes e bebes e novas atrações para todos.

Visão geral do evento – Foto: @celsoshizen.

É rodando por esse Brasil que vamos descobrindo as mais inesperadas riquezas e experiências multiculturais que a gastronomia é capaz de nos proporcionar.

E é por ter essa natureza curiosa, família mineira em Poços de Caldas, e uma grande amiga carioca que vive feliz da vida por lá, que tive o prazer de conhecer, em dezembro de 2019, a Master Feira Águas da Prata.

Que evento delicioso!… Imagina, ao redor da praça principal de Águas da Prata, com clima de interior, ambiente familiar e nada, nadinha de multidões!

Tudo na proporção ideal para curtir uma noite agradável, com comidas típicas de feira e bebidas que variam de cachaças a um bom chopp artesanal. Todos feitos com o maior capricho por produtores locais e que, na minha opinião, são empreendedores guerreiros e admiráveis!

Chef Carlos Soares – Foto Divulgação.

A Master Feira Águas da Prata foi idealizada pelo Master Chef Internacional Carlos Soares, organizador de feiras pelo mundo, e acontece sempre na primeira e terceira semana do mês, reunindo cerca de 50 expositores, música ao vivo e espaço de sobra para as crianças brincarem.

Um acontecimento único na região!!

Vem gente de São João da Boa Vista, Poços de Caldas, Estiva e até de São Paulo (a 238 km), como eu, para aproveitar tudo o que é gostosura numa tacada só: viajar, visitar a amiga e comer um monte de coisas gostosas na charmosa Praça da Bandeira.

.Antiga Estação Ferroviária de Águas da Prata – Foto: arquivo Prefeitura Municipal de Águas da Prata.

Aliás, Águas da Prata é uma graça. Com 8.180 habitantes, é possível passear de ponta a ponta, a pé, tomar água potável diretamente, e gratuitamente, na fonte da Estância Hidromineral, e ainda usufruir das atrações naturais espalhadas pela encosta do vulcão de Poços de Caldas. Sim, porque é exatamente nela que a cidade se encontra!

Destaques

Uma das coisas que mais me chamam a atenção na Master Feira Águas da Prata é a sua organização. A sensação é de que todos ali contribuem para que o ambiente permaneça limpo e agradável. Sem contar, é claro, a simpatia ímpar dos expositores, o que não poderia ser diferente, já que estamos falando sobre uma feira gastronômica tranquila e alto astral na divisa de São Paulo com Minas Gerias. O acolhimento é garantido!!!

Uma atração para lá de especial, e que se destaca pela feira, é a tenda do próprio Chef Carlos Soares.

Amante da gastronomia brasileira, o Chef Carlos Soares traz à Master Feira Águas da Prata um mix de sabores da terra, com receitas que fizeram parte do cardápio das Olimpíadas da Rússia, em 2014, a convite do próprio Comitê Olímpico Internacional, e agora brindam os pratenses e seus visitantes em todas as suas edições.

Pratos do Chef Carlos Soares – Foto Divulgação

Pensa num trio que, só de falar, já deixa a gente com água na boca: galinhada, feijão tropeiro e baião de dois! Hummmmmmm… E o melhor é que qualquer um dos pratos sai por apenas R$ 15,00! Uma forma de torná-lo acessível a todos e, diga-se de passagem, uma das grandes vantagens de visitar uma feira gastronômica no interior de São Paulo: Os valores são bem mais em conta daqueles praticados na capital.

Outras Atrações

E para privilegiar, mais uma vez, esses expositores batalhadores que encontramos Brasil afora, já deixo aqui algumas dicas e o meu convite para degustar de perto essas e outras delícias!!!

Linguiça Suculenta: Da Patrícia, com receita centenária e artesanal da Vovó.

Sanduíche de Linguiça – Foto Divulgação.

 Las Ardidas: Molhos incríveis de pimenta, da Dessa Pepper.

Barraquinha dos Molhos de Pimenta – Foto: @celsoshizen.

 Alabama Defumados: Comandada por Fábio Alabama, a costela é defumada 14 horas antes de chegar na feira e desmancha no prato.

Costelinha Defumada. Foto: @celsoshizen.

Doces mineiros: Feitos artesanalmente pela Empório Nobre.

Doces do Empório Nobre – Foto Divulgação.

Burguers artesanais: Do Chef Giovani Costa, são feitos de Angus de Cordeiro com Pão Especial de Brioche.

Burguers de autoria de Giovani Costa – Foto Divulgação

E muito mais!

Vem pra Prata você também!

Mais informações sobre a Master Feira Águas da Prata?

Confira:
• LOCAL: Praça da Bandeira – Águas da Prata.
• DATA: Quinzenalmente, às terças-feiras, na primeira e terceira semana do mês.
• HORA: A partir das 18h00.
• PROMOÇÃO: Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Águas da Prata.

Facebook: https://www.facebook.com/masterfeira

Abração e até a próxima!

Juliana Delgado

publicitária e amante desse universo (contatojulianadelgado@gmail.com)

Simples, sem glamour e explosivo em sabor

Simples, sem glamour e explosivo em sabor

Simples, sem glamour e explosivo em sabor

Um restaurante de entrada discreta com um enorme corredor: assim iniciei a jornada de 2020 pelo mundo da gastronomia.

São Paulo, 08/01/2020 – por Mariana Veltri

Era uma quinta-feira, 02/01, minha irmã e eu caminhávamos por Back Bay, bairro charmoso de Boston, um convite ao consumo. Passávamos por Boylston Street, uma das ruas mais badaladas da cidade, onde tem o Shaking Crab, um restaurante conhecido por ter deliciosos pratos com lagostas.

Depois de uma boa caminhada, já com os carregados casacões de frio sobre os braços, os raios de sol batiam nas águas do lago do Public Garden e refletiam em nossos rostos. Uma brisa refrescante aumentou nossa fome. Nos olhamos, decidimos frear nossa ansiedade em conhecer coisas novas e escapar das compras e redes Wi-fi liberadas para saborear a tal lagosta do Shaking Crab, já indicada até por nosso irmão, que vive no Canadá, mas foi monitorando as maninhas com seu jeitinho atencioso.

Boston encanta, com suas casas de tijolos permeando a grande cidade, cercada por formosos rios como o Charles River e o Oceano Atlântico, onde se tem o Porto de Boston, com barcos nas encostas. Um convite a uma gastronomia que vem do mar.

Éramos nós duas. Longe de nossa família, improvisando ainda as refeições. Pós-ressaca emocional, resolvemos nos presentear com uma saborosa refeição no Shaking Crab. Estávamos preparadas para encontrar um local ajeitadinho e gastar um pouco nossos dólares. Chegando lá, era uma portinha que se abria e dava para um corredor comprido com mesas pretas dispostas lado a lado, sem muito charme. Na única mesa ocupada do local, dois amigos comiam, a partir de um saco plástico, um curioso prato com frutos do mar. Nas mãos calçavam luvas e em torno do pescoço deles, sustentavam cada um, um “babador”!

Local sem cerimônias, porém a indicação que nos vinha era de que era delicioso e não poderíamos perder. Pedimos um mix de camarões com minilagostas, com essência de limão. Enquanto o prato não chegava, não resisti e pedi o acesso do Wi-fi, porém não era liberado para os “guests”. A ansiedade de estar num local sem muitos atrativos, redobrou a fome.

A garçonete forrou nossa mesa com papel e colocou o kit de luvas e guardanapos. Mais alguns minutos… estava nosso pedido em nossa frente: camarões e lagostas mergulhadas num molho dentro de um saco!

Confesso que a olhos nus não era muito atrativo. Luvas calçadas e mãos à obra! Estávamos preparadas para destroçar as pobres lagostinhas. Não tínhamos muita experiência em quebrar com as mãos as preciosas do mar. À nossa maneira, fomos tentando desmistificar seus cascos e enfim chegar na carne delas. Um ritual que começou a me incomodar, porque vinha um negócio esponjoso perto da cabeça e comecei a ficar encanada se aquilo se comia ou não. Quase nada de carne… minha irmã já imersa nas delícias do paladar, comia com mais confiança, mas um pouco desajeitada. Dei preferência em comer os camarões, que me eram mais familiares.

A cena devia estar patética! A garçonete, percebendo nossa falta de jeito, delicadamente veio nos demonstrar como se comiam as pequenas lagostas. Vestindo uma luva, pegou uma de nossas lagostas, apertou as laterais de seu corpo e retorceu. Num passe de mágica, a casca todinha da lagosta se abriu! E por dentro era muita, muita carne!

Pronto, podíamos, enfim, nos deliciar! Olhei para baixo do pano que estava amarrado ao pescoço, era um monte grande de lagostinhas desperdiçadas… o jeito era se contentar com o que ainda restava em nosso plástico! Lembrar da coreografia das mãos da garçonete… e pronto! Foi só alegria! Desfrutamos então de um prato que pode se chamar dos deuses!

Conheça lá: www.shakingcrab.com

Dica de fim de ano: Flan de Iogurte com Calda de Frutas Amarelas da Carole Crema

Dica de fim de ano: Flan de Iogurte com Calda de Frutas Amarelas da Carole Crema

Dica de fim de ano: Flan de Iogurte com Calda de Frutas Amarelas da Carole Crema

As festas de fim de ano estão chegando, e com elas, a vontade de fazer algo diferente na ceia de Natal e Ano Novo. Essa época também é marcada pelas altas temperaturas no Brasil, então, por que não experimentar um receita deliciosa e refrescante – na qual o uso da folha de gelatina faz toda a diferença?

A dica vem da chef confeiteira Carole Crema, reconhecida como a responsável por popularizar o cupcake no Brasil. Ela tem mais de 25 anos de carreira, dedicados a criar experiências gastronômicas e recriar receita consagradas com muita criatividade.

Formada pela Thames Valley University, The Moisimann Academy (Londres) e pelo Instituto La Cultura Alimentari (Milão), Carole Crema é autora do livro O Mundo dos Cupcakes e coautora de 400 g Técnicas de Cozinha. É também professora na Escola Wilma Kövesi de Cozinha.

Esta sugestão é um oferecimento da GELITA, líder global no fornecimento de gelatinas e peptídeos de colágeno para indústrias de alimentos.

Vamos à receita!

Rendimento: 8 porções

Nível de dificuldade: médio

Tempo de preparo: 30 minutos (o creme necessita de 12 h de geladeira, e o flan 4 h de geladeira)

INGREDIENTES

Flan

  • 2 potes de iogurte natural (340 g)
  • 2 folhas de gelatina
  • 1 colher (chá) gengibre fresco ralado
  • as raspas da casca de ½ limão-siciliano
  • as raspas da casca de ½ limão-taiti
  • 200 ml leite
  • 100 g de açúcar

Calda

  • ½ xícara (chá) polpa de maracujá
  • ½ xícara (chá) de suco laranja (ou tangerina)
  • 1 colher (sopa) rasa de açúcar

Decoração

  • Frutas amarelas picadas (tangerina, laranja, carambola, physalis, etc.)

MODO DE PREPARO

Flan

  • Desidrate o iogurte colocando-o sobre uma peneira, forrada com 2 folhas de papel toalha, dentro da geladeira, de um dia para outro. Descarte o soro. Vamos precisar 300 g do iogurte já desidratado.
  • Coloque as folhas de gelatina em um recipiente e coloque água fria até cobrir para hidratar (leva cerca de 3 minutos).
  • Retire a gelatina, aperte para retirar o excesso de água e coloque em uma vasilha.
  • Acrescente gengibre ralado e as raspas de limão e misture com um fuê.
  • Leve o leite com o açúcar para aquecer (não precisa ferver) e jogue na mistura de gelatina mexendo com o fuê para incorporar.
  • Junte o iogurte desidratado e, com ajuda do fuê, misture até obter uma mistura homogênea.
  • Despeje o creme em uma forma quadrada, de 15 x 15 cm, coberta com papel-filme.
  • Deixe no mínimo 4h na geladeira e depois desenforme sobre um prato onde será servido.

Calda

  • Misture todos os ingredientes em uma panela, leve ao fogo para ferver e formar calda rala. Deixe esfriar antes de usar.
  • Sirva com a calda e por cima as frutas amarelas.

Dica: você pode usar taças e fazer porções individuais!

Encontre Carole Crema nas redes sociais:

http://www.carolecrema.com.br

http://www.facebook.com/carolecremadoces

http://www.instagram.com/carolecrema/

Loja física

Rua da Consolação, 3161 – Jardins, São Paulo – SP

Fonte: 2PRÓ Comunicação

Foto: Divulgação

Pães e doces holandeses, além de sorvetes de torrone, de panetone e de rabanada, estão no cardápio da Noeland

Pães e doces holandeses, além de sorvetes de torrone, de panetone e de rabanada, estão no cardápio da Noeland

Pães e doces holandeses, além de sorvetes de torrone, de panetone e de rabanada, estão no cardápio da Noeland

Confeitarias e restaurantes do maior evento de Natal do interior de São Paulo, que acontece no Parque da Expoflora, em Holambra, entre os dias 29 de novembro e 29 de dezembro, de sexta-feira a domingo, das 16h à meia-noite, prepararam várias delícias para os visitantes

Tem muita gente que nunca ouviu falar em kerstbanquet (baguete de Natal recheada), Stolen (pannetone holandês), Kerst Ijs (sorvete de Natal) ou, mesmo, em stroopwafel (bolacha holandesa recheada com caramelo). A maior parte talvez nem consiga pronunciar esses nomes. Mas basta informar nas confeitarias e nos restaurantes instalados na Noeland que você deseja a novidade gastronômica do evento para experimentar pães, doces ou sobremesas de dar água na boca.

A Noeland é o maior evento de Natal do interior paulista, realizado no Parque da Expoflora, em Holambra, a 140 quilômetros da capital, de sexta a domingo, das 16h à meia-noite, no período de 29 de novembro a 29 de dezembro.

A Confeitaria Martin Holandesa apresenta o kerstbanquet (Kerst = Natal + banquet = banquete), um doce de massa folhada na forma de baguete recheada com amêndoas moídas e cerejas, e o Stolen, doce com raspas de limão, uvas passas, amêndoas e nozes. A chocolateria Stalden terá uma saborosa casinha toda feita de bolachas e especiarias com cobertura.

O Casa Bela Restaurante optou por preparar uma sobremesa – o Kerst Ijs (sorvete de Natal) – feita com duas bolas de sorvete de creme em uma taça untada com caramelo toffee, cobertas com ganache de especiarias (noz moscada, cravo e canela) e crumble de stroopwafel (bolacha holandesa triturada).

A temática natalina inspirou a Sorveteria Delicci na criação do sorvete italiano sabor rabanada, servido em copinho, e dos sabores panetone e chocotone, na casquinha. Também servirá rabanada com sorvete.

A Oma Beppie, especializada em stroopwafel terá as opções com recheio de café, abacaxi com gengibre e limão, além da opção tradicional recheada com caramelo e com cobertura de chocolate. A Noeland conta com cerca de 30 locais de venda de alimentos, que vão de porções até refeições, passando pelos salgadinhos, lanches e alimentos industrializados, além de produtos típicos holandeses.

Restaurantes

Sob o comando do Restaurante Amsterdam, o Lê Tachô oferece comida brasileira no tacho, como baião de dois, feijão tropeiro, galinhada e paella mineira, e o La Batatá permitirá ao cliente montar seu prato de batatas fritas com o molho de sua preferência (cheddar, quatro queijos ou bolonhesa) e acompanhamentos irresistíveis, como frango frito, calabresa acebolada, bacon crocante e queijos variados. No Salsichão do Holandês, a salsicha típica pode ser pedida no espeto, em porção ou no lanche.

Sobre a Noeland

A Expoflora – que já cedia seu parque em Holambra para a realização do “reino mágico de Natal” – assumiu a organização da terceira edição do evento natalino e incluiu novas atrações, como apresentações de grupos de dança, coral, personagens interativos, como o Urso Polar, o Soldado de Chumbo e o Biscoito de Gengibre (The Gingerbread Man), um minissítio e parque de diversões.

Outra novidade é o espaço dos Jardins em Festa, que apresenta sugestões de decoração em ambientes residenciais para o Natal e Réveillon, com indicação de flores e plantas ornamentais que são tendência para as festas de fim de ano. Os restaurantes prepararam receitas especiais para o evento.

O Vilarejo da Noeland conta com decoração cenográfica, que continua sendo assinada por Silvia Doreto, da Thematic. A decoração ocupa uma área coberta de 4 mil m² (o equivalente a meio campo de futebol), na qual foram utilizados cerca de 50 mil itens de decoração iluminados por mais de 200 mil microlâmpadas de LED. Nos jardins do parque há 400 árvores iluminadas. Também foram mantidos a chuva de flocos de neve e os personagens – Noelito e Natali – que já conquistaram as crianças.

Serviço
3ª Noeland – Um Reino Mágico de Natal
Localização: Parque da Expoflora, em Holambra
Data: 29 de novembro a 29 de dezembro, de sexta a domingo
Horário: 16h à meia-noite
Ingressos: R$ 60,00 na bilheteria ou no site www.ingressorapido.com.br
Informações: (19) 3802-1499 / 98115-1294 / 98114-9783 / 98168-3600
E-mail: centraldereservas@noeland.com.br

Fonte: Ateliê de Notícias

Fotos:José Francisco Pacola

Bar das Patroas tem menu de bebidas com produções glamourosas

Bar das Patroas tem menu de bebidas com produções glamourosas

Bar das Patroas tem menu de bebidas com produções glamourosas

Com a proposta de chamar a atenção dos clientes, o Bar das Patroas, casa localizada no bairro do Itaim Bibi, em São Paulo, aposta em apresentações luxuosas para tornar o menu de bebidas do local diferenciado. A intenção de fugir do comum e transformar a experiência do consumidor em algo surpreendente foi traduzida na cartela de drinks autorais.  Com oito opções disponíveis, os drinks autorais  são uma homenagem ao universo sertanejo e a hits musicais. Entre os destaques estão as criações servidas em maquetes temáticas:

DESCE DO SALTO

Servido ao lado de um scarpin rosa, a bebida com frescor tropical, é feita com rum, absinto, gengibre, limão e espuma de gengibre. A criação foi inspirada na música com o mesmo nome do drink, o sucesso da dupla Marcos e Belutti, sai por R$ 35,00.

CAMARIM DAS PATROAS

O drink, que leva gin, limão, suco de laranja, Aperol e ramo de manjericão, chega ao cliente em uma penteadeira miniatura. R$ 34,00.

CUIDA BEM DELA

Um frasco de esmalte, tamanho extra grande, dá um charme especial à bebida  que contém um mix de rum de coco, licor de curaçau fino, limão e abacaxi. A reinterpretação da canção ‘Cuida Bem Dela’, da dupla Henrique e Juliano, custa R$ 34,00.

A MAJESTADE, O SABIÁ

Interpretada por diversos cantores renomados, como Roberta Miranda, Jair Rodrigues, Chitãozinho e Xororó e Paula Fernandes, a música é homenageada em uma nova tradução.  Rum, vodka, água de coco, xarope de violeta e hortelã compõem o drink que é apresentado em uma maquete que tem como ponto alto um trono e é vendida a R$ 32,00.

Queridinho de muitos, o Gin, também ganha uma pitada de glamour no Bar das Patroas. A bebida está presente em 12 preparações do menu de drinks da casa, além de ser uma das estrelas das noites de quarta-feira, dia no qual acontece o open de drinks a base de Gin. Quatro opções, que variam a cada semana, são servidas a vontade por R$ 69,90 para mulheres e R$119,90 para os homens, das 20h às 23h.

FRUTAS VERMELHAS GIN  &TONIC  

Gin, amora, tônica e espuma de frutas vermelhas. R$32,00.

PINK OF ROSE 

Gin pink, xarope de morango , tônica e pétalas de rosas. R$32,00.

O estabelecimento também abre para o happy hour, com direito a música ao vivo e ‘open bar’* de chopp e caipirinha, R$ 49,90 para mulheres e R$69,90 para os homens. Nas quartas-feiras o público curte sertanejo com repertório universitário até 1h da manhã. De quinta-feira a sábado, o local vai do happy hour à balada.

Para animar as noites, entre as atrações estão os cantores Belo e Rodriguinho, o grupo de pagode Jeito Moleque, as bandas Pixote e BokaLoka, o grupo musical Molejo, o vencedor do The Voice 2015, Renato Vianna, a dupla sertaneja Suzy e Monique, além do DJ Victor Bauer, entre outros. Aos domingos, o espaço abre para a Feijoadas das Patroas e quem comanda a festa são os músicos da banda Inimigos da HP.

Serviço:

Bar das Patroas

Endereço: Rua Tabapuã,1410

Instagram: @bardaspatroassp

*Promoção válida para:
Quarta-feira das 18h às 20h
Quinta-feira e sexta-feira das 18h às 21h

Fonte: Texto & Imagem Assessoria de Comunicação

 

Bar de Curitiba lança caipirinha com picolé

Bar de Curitiba lança caipirinha com picolé

Bar de Curitiba lança caipirinha com picolé

Fotos: Divulgação

Para os dias de Verão, Bar Quermesse aposta em caipirinha de morando com picolé de leite condensado

Curitiba, 16/12/2019 – Paixão nacional, a caipirinha é uma bebida que agrada à todos, pois possui várias versões. Limão, maracujá, kiwi, abacaxi e morango. Cachaça, vodka, saquê e até vinho. Açúcar ou adoçante? As opções são infinitas, pensando em inovar, o Bar Quermesse lança a Caipilé, unindo a caipirinha e o picolé em uma mesma bebida super refrescante, ideal para os dias quentes de Verão.

A Caipilé (R$ 21,50) é preparada com caipirinha de morango, que pode ser feita com saquê ou vodka e finalizada com delicioso picolé de leite condensado. Quem for ao bar também poderá aproveitar as clássicas comidinhas de boteco do novo cardápio. Entre os destaques do menu estão o Torresmo de rolo (R$ 35); a Pururuca (R$ 8); o Bolinho de bacalhau (R$ 39); o Lambari frito (R$ 15); o clássico Rollmops (R$ 5); e o Pão com bolinho (R$ 15). Além das caipirinhas, a casa conta com dezenas de rótulos de cervejas nacionais e importadas, cachaças artesanais e outras caipirinhas com sabores especiais.

O Bar Quermesse fica localizado na R. Carlos Pioli, 513 – Bom Retiro, com funcionamento de terça a domingo, das 17h à 1h. Mais informações pelo telefone (41) 3026-6676.

Fonte: P+G Comunicação

Pin It on Pinterest